Introdução

Seja bem vindo(a) ao “Linguagem de Programação Rust”, um livro introdutório sobre Rust. Rust é uma linguagem de programação focada em segurança, eficiência e concorrência. Seu design lhe permite criar programas com o desempenho e controle de uma linguagem de baixo nível, mas com as abstrações poderosas de uma linguagem de alto nível. Estas propriedades tornam Rust adequado para programadores que têm experiência em linguagens como C e procuram por uma alternativa mais segura, bem como para aqueles que vêm de linguagens como o Python e que procuram por maneiras de escrever código com melhor desempenho sem sacrificar a expressividade.

Rust executa a maioria das suas verificações de segurança e decisões de gerenciamento de memória em tempo de compilação, para que o desempenho de execução do seu programa não seja impactado. Isso torna a linguagem útil em um número de casos para os quais outras linguagens não são adequadas: programas com requisitos de tempo e espaço previsíveis, incorporação de código em outras linguagens e a escrita de código de baixo nível, como drivers de dispositivo e sistemas operacionais. A linguagem Rust também é fantástica para aplicações web: ela está por trás do site do registro de pacotes do Rust, crates.io! Estamos curiosos para saber o que você fará com Rust.

Este livro tem como público-alvo um leitor que já sabe como programar em pelo menos uma linguagem de programação. Após ler este livro, você deve se sentir confiante para escrever programas em Rust. Ensinaremos Rust através de exemplos focados e pequenos, que se complementam gradualmente para demonstrar o uso de várias características da linguagem Rust, bem como eles funcionam “nos bastidores”.

Sobre a Tradução

Esta é uma tradução não oficial da nova versão do livro “The Rust Programming Language”. Várias porções desta tradução (assim como do original) ainda estão incompletas. A versão antiga do livro (em inglês) ainda é a leitura de referência recomendada da linguagem.

Sempre que possível, nos exemplos de código, optamos por usar nomes de variáveis, funções e arquivos em português. Essa escolha foi feita para fins didáticos, e se limita às porções de código de exemplo apresentadas. Os nomes provenientes da biblioteca padrão da linguagem, bem como de crates já existentes são mantidos no original em inglês, para que o código funcione corretamente. (Ex: Usuario em vez de User, mas manteremos nomes como Box em inglês). Para fins de compatibilidade, utilizaremos somente caracteres sem acento e cedilha.

Apesar da escolha didática do livro, recomendamos que, ao escrever código “de verdade” em Rust, utilize sempre que possível nomes em inglês, especialmente para projetos open source a fim de tornar seu código acessível para uma maior audiência.

Contribuindo com o Livro

Este livro é open source. Se encontrar um erro, por favor não hesite em abrir uma issue ou enviar um pull request no GitHub. Leia CONTRIBUTING-pt-br.md para mais detalhes.